Empty Spaces Chronicles 2.0

Opinião e Sentimentos em pequenas cápsulas, vácuo adentro.

ecos virtuais e a síndrome do último dos moicanos

As vezes eu visito grito dentro do marcador “pessoas” da minha lista de links e escuto um eco. Poucas pessoas seguem atualizando seus espaços por lá. Uma hora ou outra alguém emerge e respira numa postagem solitária. Não que eu esteja muito ativo por aqui, mas procuro me manter acima da superfície. Duas, ou vamos lá, três pessoas “surfam” em seus blogs pessoais mantendo atualizações constantes.

Eu fico aqui tentando entender o fenômeno. Aí temos que pensar no que realmente representam os blogs pessoais na internet. Se formos com aquela turma que compara os ditos com efêmeros diários adolescentes é simples, eu apenas estou ficando velho (e ainda continuo com algumas “birras” juvenis enquanto o resto do povo faz filho e financia a casa própria). Agora se nos alinharmos com a turma que vê nestes espaços um efetivo campo de exercício de expressão literária (ou quase isso), talvez esteja ocorrendo algum tipo de troca de veículo. Aliás, pessoas com uma escrita de respeito que eu acompanho trocaram as longas linhas de postagem destas bandas pela flexibilidade e alta sociabilidade daquele insaciável e gigantesco content manager chamado Facebook.

Na verdade não estou muito preocupado em entender, só estou preocupado em me tornar “o último dos moicanos” da minha vizinhança cibernética daquela geração que subiu na crista da onda dos blogs pessoais de meados da década passada. Não se esqueçam que ano que vem completo 10 anos (!!) de “bloguismo” e quero ter convidados na festinha.

Aguentem firme Garota no Hall, Words of Leisure e Eu Sei Que Você Lê. Como diria aquele escrotíssimo ser que carrega o mesmo sobrenome que o meu: não me deixem só!

Posted in comportamento, internet, sentimentos | Tagged | Comments